10 de jul de 2011

Falhando direito

Eu e essa minha mania de deixar sempre pra depois.
Já estamos na metade do ano, o ano que seria o fim para um novo começo, que eu definitivamente não deveria estar grudada no computador e sim, estudando feito uma maluca, mas meu lema tem sido: ah, amanhã eu estudo, amanhã eu começo minha dieta, amanhã eu sou feliz, amanhã eu começo minha faxina interior, amanhã eu ... A questão é: Por que não hoje ?
Dalai Lama já dizia : ''Só existem dois dias do ano que nada pode ser feito. Um se chama hoje e o outro amanhã, por tanto hoje é o dia certo pra amar, acreditar, fazer e principalmente : Viver."  frases como essa estão escritas em post-its em frente a minha escrivaninha pra me darem motivação de a cada dia acreditar que a mudança pode ser feita hoje, e porque não ? Só que hoje mesmo eu já fiz isso. Começo minha dieta amanhã que é segunda-feira! E começo uma rotina pesada de estudos (pelo menos pretendo né) .
Ei, o tempo tá passando depressa, escorrendo por entre meus dedos e quando eu menos esperar já vamos estar aqui novamente contando sobre como foi nosso natal, ou ano novo. E eu, como foi não ser aprovada no vestibular. Não é persimismo, é algo bem provável quando alguém é tão indisciplinada como eu. Sinceramente, confesso que se eu passar eu vou ficar muito surpresa, eu sei que não me dedico a isso o suficiente, sei que tem muuita gente que se esforça bem mais que eu a muito mais tempo, mas esse ano tá tudo mudando muito, e muito rápido. Não sei se as responsábilidades cresceram, se é só impressão minha mas daqui a pouco chega 2012 e eu nem sei direito o que que eu fiz ontem. Falando nisso, eu nem lembro se eu lavei o cabelo quando eu tomei banho agora a pouco, isso me deixa louca.
Minha cabeça, minha vida anda uma verdadeira bagunça. Às vezes eu paro pra pensar e fico pensando : Afinal, no que eu deveria pensar? É que vem tanta coisa na minha cabeça que eu nem sei no que é que eu tô pensando. E ai vem aquela certeza de impotência, de falha.
Esse ano eu realmente estou estudando como eu nunca estudei antes, mas mesmo assim, minhas notas são péssimas, eu tenho aula o dia inteiro duas vezes por semana, academia todos os dias, aula à tarde prova aos sábados.Eu já sabia que minha vida ia ficar uma loucura esse ano, mas eu vejo gente conseguindo lhe dar perfeitamente com isso enquanto eu tô pirando! Certo que é praticamente impossível chegar ao fim de um ano de pré de vestibular sem ter surtado pelo menos uma vez. O problema é que  mesmo que eu não esteja fazendo nada importante a frase : "Eu não tenho tempo pra nada." Insiste em sair pelos meus lábios. E isso é tão absurdo, porque se eu soubesse e quisesse me organizar eu teria tempo de sobra. Mas eu odeio rotina.
Eu queria ter tempo e coragem principalmente pra me dedicar a redação que esse ano estou com sérias dificuldades inclusive, é por esse meu probleminha em escrever que este ano eu não tô postando muito. (Falhando de novo)
Bom, tenho idéias pra o blog mas eu sempre deixo pra amanhã (fail) e...agora eu só queria mudar quando eu finalmente aprender a fazer um bom template. Eu adoro esse, acho super minha cara mas já enjoei. Então é isso meus amores. Pretendo em breve fazer um post que não seja me lamentando por alguma coisa. (: Obrigada de coração pelos comentários nos ultimos posts, amanhã eu retribuo.

9 comentários:

Mayara Cunha disse...

É aquela velha história: no pain, no gain.
Boa sorte, Anninha, torço muito por você e qualquer coisa tô aqui, você sabe. :)

beijo. (tá com você)

Anônimo disse...

Bem, é bem isso que tá acontecendo comigo.
Como o comentário acima: "Boa sorte, Anninha, torço muito por você e qualquer coisa tô aqui, você sabe."
Eu gostei muito do post, e li em primeira pessoa mesmo, como se fosse eu escrevendo.
Beijos, Amanda de Carvalho.

Ana Lu disse...

Pois é, eu também ando precisando pregar umas frases assim na minha cabeceira pra ver se tomo vergonha na cara! Deixar as coisas para amanhã é muito fácil, porque "amanhã" nunca chega. O que chega é o ano seguinte, onde você vê que não fez nem um terço do que deveria/queria.
Aff.
Resumindo: Nós 2 estamos precisando de uma boa dose de vergonha na cara!
Beijos Anninha!

Daniela Filipini disse...

Eu posso dizer com uma certeza imutável que entendo pelo que você está fazendo, afinal, passo praticamente pela mesma situação...
Último ano de escola, vestibular, pressão constante, estudar, estudar, estudar... E sabe, na verdade não parece tão difícil pra quem vê de fora, mas pra nós, que estamos vivendo isso, é uma fase simplesmente terrível.. Eu fico pensando que esse ano eu poderia estar aproveitando o meu último ano na escola, no lugar de estudar como uma condenada e tal, penso que eu deveria estar aproveitando o meu último ano na cidade onde vivi durante toda a minha vida, aproveitando os meus amigos que ficarei meses - e talvez anos, na pior das hipóteses - sem ver, e, cara, eu acho que deveria fazer mais... Por mim, pelo vestibular, pelos meus pais, sei lá. Só acho.
Estou confusa, ê. rs

Mas te entendo.

Marie Raya disse...

Eu sempre deixo tudo pra amanhã. Sempre. Também preciso parar com isso. Mas a gente consegue melhorar nisso, haha. Um beijo! :*

Danny Cintra disse...

oi linda amei o seu blog e já estou seguindo,queria te pedir um favorzão eu qria q vc me mandasse o código desse template pq eu nao to conseguindo baixar aqui no meu pc por vafor me ajuda bjs

http://free-layout-casual-by-evelyn-regly.blogspot.com/

H. disse...

Sei exatamente como se sente. No primeiro semestre eu estava igual a você, o resultado foi 3 recuperações nas férias =/. Também estou tentando mudar as coisas para hoje, mas é tão comodo deixar tudo para amanha, isso é tendencia do ser humano.
Espero que tudo melhore para você =)

beijos;**
thelittlemissattitude.blogspot.com
purplepurpurine.blogspot.com

Gabi Magnani disse...

Eu estou vivendo a mesma coisa que você, Anna. Estou no 1º ano do Ensino Médio e resolvi fazer o ITA, sem contar que no final desse ano foi fazer a primeira fase para uma universidade daqui. E vou te contar... estudei bem menos do que eu esperava. Mesmo continuando com as boas notas, não aumentei como tinha prometido e cumpri bem pouco meu horário de estudos. Mas temos que ver que estamos sacrificando algumas coisas (como o computador, a preguiça) pelo nosso próprio bem. Queremos um futuro brilhante e somos capazes disso. Apenas temos que... ser mais disciplinadas. Estou contigo! E agora, é só estudar. Bjooo

Gabi Magnani disse...

Ah, Anna! E se você quiser dar uma olhada. Ah alguns meses eu fiz um post sobre procrastinação, abordando o mesmo tema que você. Talvez ajude: http://blog.gabimagnani.com/?p=173 Bjo!!

Postar um comentário